Qual ratinho de pêlo branco e olhos vermelhos, tudo pela ciência!

A convite de uma amiga, visitei recentemente a UPTec, que faz incubação de novas empresas, ajudando jovens empreendedores a criarem os seus negócios e a desenvolver protótipos dos seus produtos e serviços. Foi através dela que conheci a Inovapotek, uma spin-off na área farmacêutica/cosmética que desenvolve novos produtos e tecnologias, realizando também testes para empresas clientes. Precisavam de voluntários para um estudo sobre a melanina da pele (aquela que nos faz ser mais ou menos brancos, e ficar mais ou menos bronzeados). Ora, eu que sou pessoa dada a conhecer pessoas e coisas novas, e por saber bem o difícil que pode ser arranjar amostra suficiente para um estudo, lá me voluntariei para cobaia. Qual ratinho de pêlo branco e olhos vermelhos. O estudo não era invasivo, por isso tudo bem, não custa ajudar. Tratava-se de avaliar o índice de melanina da pele, recorrendo a um método subjetivo (perguntas – respostas) e depois medido com exactidão (através de vários aparelhos eletrónicos em duas partes diferentes do corpo) e comparar os resultados das duas vertentes. Fiquei assim a saber que tanto subjetivamente como pela análise exacta, pertenço ao grupo de pessoas European Mix, aquele tipo de cor que não é bem branco, que bronzeia com  facilidade, que muito raramente fica queimado/vermelho e de olhos e cabelos castanhos. De bónus, as investigadoras ainda me examinaram a pele da cara, sardas, manchas, rugas e tal, e fiquei toda contente porque me disseram que a minha pele está impecável num estado muito reduzido de envelhecimento e muito bem hidratada. Convém continuar assim, com os hábitos que tenho todos os dias: desmaquilhar, lavar, hidratar – e continuar com a rotina do protector solar, quer haja ou não sol, verão ou inverno (se bem que no Inverno baldo-me um bocado). Além disso nunca exponho a cara ao sol (tirando obviamente quando ando na rua ou quando vou a conduzir) e parece que isso faz toda a diferença. Basicamente estive lá uns 40 minutos no meio da juventude universitária, a beber daquele clima de faculdade, não foi nada seca e ainda me ofereceram em jeito de agradecimento, os últimos produtos cosméticos que desenvolveram nos laboratórios deles! Ainda não tive tempo de experimentar nada mas não duvido da sua qualidade, e acima de tudo fico contente de ver esta malta nova, toda pro activa, com boas ideias de negócio e um suporte à altura para as desenvolver. Parabéns à Inovapotek e à UPtec.

  

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s